Geologia do Petróleo

Geologia do Petróleo

Fale connosco

Av. 5 de Outubro, nº208 1069-203 Lisboa
(351) 217 922 700 / 800

Principais utilizações


Através do refino do petróleo bruto, é possível separar o mesmo em diferentes frações, dando origem a, entre outros derivados: gasolina; gasóleo; gás de petróleo liquefeito (“GPL”); fuelóleo; jet fuel (querosene); nafta; betume; e, coque de petróleo.

 

Desta forma, o consumo do petróleo poderá ser separado em duas componentes principais:

 

  • Consumo energético - para mobilidade de bens e pessoas, como combustível nos transportes, e para utilização nas centrais termoelétricas, onde é produzida energia elétrica através da combustão do petróleo.

 

  • Consumo não energético – como principal matéria-prima da indústria petroquímica cujos subprodutos são os materiais mais utilizados em muitos outros processos de produção industrial, sendo determinados derivados do petróleo utilizados para a produção de silicone, acrílico, plástico, neopreno, borracha, fibras sintéticas como o elastano, terylene, náilon, poliéster, entre muitos outros produtos sintéticos que estão presentes na maioria dos diversos objetos, utilitários e consumíveis que se usufrui no dia-a-dia.

 

Para mais informação consultar “Livro Verde sobre a prospeção, pesquisa, desenvolvimento e produção de hidrocarbonetos em território nacional”, elaborado pela ex-Entidade Nacional para o Mercado de Combustíveis, E.P.E. (ENMC), atual Entidade Nacional para o Setor Energético, E.P.E. (ENSE) (Ver Documentação/Divulgação - Publicações).